Em dica dos profs. Simão Pedro Marinho e Graça Moreira, um artigo publicado no New York Times e traduzido pelo UOL, traz informações interessantes sobre os leitores de livros eletrônicos ou e-books.

Pelos novos critérios da Receita Federal, a partir de 1/10/2010 o Kindle (função específica) poderá ser trazido para o Brasil sem pagamento de taxas de importação. O iPad (funções múltiplas) não terá isenção.

O aPad, a versão chinesa com Android do iPad, já pode ser encontrado em sites de leilão brasileiros por valor bem mais em conta.

Leia o artigo no UOL (para assinantes) ou no BOL Wap.